Espaço de Mayanne

Só mais um site WordPress.com

Ailyn e o sapato…

Ontem (08/12/10), a Ailyn e eu fomos levar o pai dela no ponto de ônibus para ir pra facul (eu já estou de férias, graças a Deus…hehe)…

Ele entrou no ônibus e nós ficamos na calçada ao lado pra ver ele pela janela. Falei pra Ailyn ficar na calçada… mas ela desceu… e na beirada da rua tinha terra, que entrou no sapato dela…

Quem a conhece já imagina a cena, porque ela detesta terra no pé (eu tbém!! hehe), ou a mão suja (desde apenas molhada até com algo pregando, sabe?)… então ela tirou o sapato e ficou batendo na calçada pra terra sair, rsrs… ajudei a tirar a terra do sapato e do pé, e pedi pra ela calçar novamente…

O sapato que estava na minha mão, eu coloquei no chão, e ela calçou… De repente, ela começou a correr na calçada (um pé calçado e o outro não), muito nervosa e resmungando alto (quase gritando mesmo…rs), mas eu não estava conseguindo ‘decifrar’ o que dizia…

Quando fica assim, nós não entendemos o que ela está dizendo, e ela não nos escuta…rsrsrs

Até que ela chegou mais perto de mim e eu perguntei pra ela o que foi… e consegui entender que ela estava gritando enquanto corria em círculos:

“Meu sapato!!! Cadê meu sapato??? Meu sapato…”

Segurei o riso e falei pra ela: “Está na sua mão!!” e repeti umas duas vezes até que ela me ouviu, parou e olhou, percebendo que estava com o sapato na própria mão o tempo todo…rsrs

Colocou ele no chão, calçou e fez uma carinha de ‘abafa o caso’, disfarçando, enquanto as garotas na janela do ônibus que observavam a cena, gargalhavam…

kkkk

Anúncios

Ailyn voando, ‘fazendo’ doutora e tomando cafezinho na casa da vovó…

Ontem a noite, estávamos tomando banho juntas quando ela começou a rodar e rodar e rodar…

Adverti ela para que parasse, ou ia ficar tonta…

Depois de muito rodar ela parou, ficou quietinha, abriu os braços e disse:

“Mãe… a gente tá voaaaaando…”

KKkkk….

Depois, continuou a rodar e a voar… hehe

Mais tarde, estávamos saindo pra ir na casa da vovó Kátia. Ela pegou uma caixinha de sapato pra levar e disse:

“Eu vou levar isso porque são minhas coisas de FAZER doutora…”

Acho que as coisas eram de ‘brincar’ de doutora ou algo assim… rsrs… mas se ela realmente conseguisse ‘fazer doutora’ com aquelas coisas ia ser ótimo, pois os hospitais estão precisando…hehehe

Chegando na vovó Kátia, ela foi colocar comida para o Cenourinha (um coelho branco lindo, que ganhou de presente da tia Lúcia, e que a vovó Kátia cuida pra nós…rsrs), tentou pegar o Fiinho (gatinho da vovó) e por fim, pediu um cafezinho e açúcar… todas as vezes que vamos lá, se ela não tomar um cafezinho e comer açúcar, não fica satisfeita…hehe…

Aliás, ela gosta muito de um cafezinho… desde pequenininha não pode ver uma garrafa de café…rs… até já quebrou uma da vovó Kátia (e até hj não damos outra de presente pra ela… aff!). Se quiser agradá-la, é só oferecer um cafezinho…hehe

Engraçado que nem eu e nem o pai temos o costume de tomar café. De vez em quando ela levanta mais cedo e vai tomar café com o vovô (biso) Messias e a vovó (bisa) Selma. Teve um dia em que ela queria café, mas já tinha acabado… aí eu disse pra ela que ia fazer, e ela me interrompeu dizendo:

“Mãe… mas você não sabe fazer café!”

Só porque ela nunca me viu fazendo café (quem faz é a bisa) achou que eu não soubesse…kkk… eu fiz e ela gostou… (ainda bem…kkkk).

No fim do passeio na vovó Kátia ainda ganhou uma colher de presente… pra enfeitar a casa nova…rsrs. Minha mãe mostrou pra ela umas colheres que tinha comprado e ela quis todas…kkk. Então a vó Kátia disse que quando fosse em Quiri comprava umas pra ela, e ela disse:

“Então vamos combinar… quando você for em Quirinópolis você compra uma dessa, e uma dessa, e uma dessa…”

E ficou combinado então..rsrs

Bjuss♥

Ailyn noel…

Quase todos os dias, quando acorda e ao longo do dia, ela me pergunta se já é Natal…rs

Esses dias ela estava brincando com a vovó Selma e disse:

“Vó… quando for o dia do natal, eu vou sair colocando brilho em todas as árvores, porque eu sou a mamãe noel…”

Achei bonitinho… fiquei imaginando a cena dela na avenida colocando brilho em todas as árvores…rsrs… será que ela acha que esse é o papel da mamãe noel? rsrs

No ano passado, montamos nossa primeira árvore e ela até ajudou a colocar os enfeites… esses dias ela encontrou umas caixinhas com os enfeites e, desde então, está anciosa esperando o Natal para enfeitar a árvore de novo…rs… só que nossa casa está em reforma, e não ficará pronta até o Natal… então temos que arrumar outro cantinho pra montar essa árvore…hehehe

Uns dias atrás estávamos voltando do armazém quando ela viu uns desenhos de papai-noel sendo colocados de enfeites em uma loja, e gritou lá do meio da rua:

” Papai noel… eu te amo!!!”

… e ficou repetindo…hehe… pensei: “Nossa, que amor nesse papai-noel…rs”, e o engraçado é que não ficamos ‘enchendo a cabeça dela’ com essas coisas de papai noel e blábláblá… ela simplismente gosta… acha o máximo…rsrs

Ela estava querendo uma toquinha daquelas de papai noel… aí ontem a sua priminha Luiza deu uma pra ela de presente. Achei muito legal da parte dela, já que deu a própria toquinha pra prima… (que fofa!!)

Bom… daqui até dia 25 ainda temos um tempinho pra encontrar um lugar pra árvore e tirarmos muitas fotos (vou ver se tiro dela de toquinha e coloco aqui…rs)

Ha… para alguns eu já pedi, mas quem puder tirar uma foto com o papai noel em sua cidade e mandar pra mim, vou mostrar pra ela… acho que vai amar…rsrs (E se deixar, ainda coloco num post especial de natal…hehehe)

Bjuss♥

Ailyn – expressões – habilidade…

Já faz algum tempo… a Ailyn estava com mais de 2 anos já…

A Cleice estava organizando as coisas para lavar roupa e a Ailyn ficava ao redor, mechendo em tudo…rs

Então a Cleice chamou ela pra lavar roupa também, e ela respondeu:

“Cleice, eu não tenho HABILIDADE pra lavar roupa. Minha habilidade é saúde…”

KKkkk… fico pensando em sua ‘habilidade’ de utilizar as palavras novas em contextos assim… parece até um adulto falando…hehe

Será que ela tem noção dessa ‘habilidade para saúde’ mesmo?

Ela gosta muito de brincar que é a Doutora Marcela ou Camila… desde que viu os convites de formatura delas… uma é médica e a outra odontóloga… (Saudades)

Ela frequentemente vacina as bonecas, rs… pode ser que ela queira ser pediatra…hehe… (Quem dera se ela vacinasse só as bonecas… quem estiver perto – pai, mãe, tios, avós, etc – ‘cai na agulha’ também…hehehe)

Atualmente, também acrescentou às suas brincadeiras, a de ‘dentista’… e nós somos os ‘cobaias’…rs

Ela pega seus ‘instrumentos’ (qualquer coisa cumprida que dê pra colocar na nossa boca, como um lápis…hehehe) e começa seu trabalho… nos chamando de ‘clientes’ e tudo mais…

Acredito que o incentivo está sendo as idas à dentista, que já vai fazer 1 ano. Ela é muito bem recebida, tratada com paciência e carinho… e no final, se comportar direitinho (ficar com a boca aberta e tal…rs) ganha um presentinho… que é um incentivo à parte pra voltar depois, porque ela já vai embora pensando no que vai escolher da próxima vez…rs

O que ela mais escolhe são panelinhas… mas já escolheu bexiga, apitos e até uma bonequinha da Fiona… depois falou pra dentista que queria um Shrek também…kkk

Da última vez, apesar de ficar conversando demais ( nesse dia ela acordou por volta das 5:30hs da manhã e não parou mais de falar…hehehe) ela ganhou um ‘chupa-chupa’ (é assim que a dentista chama o instrumento descartável usado para sugar a saliva – linguagem para as crianças – e que não faço idéia do seu verdadeiro nome…kkkkk). Ela achou o máximo… agora suas brincadeiras de dentista ficarão mais divertidas…rsrs.

Hoje mesmo, depois do almoço, eu estava brincando com ela, quando pegou minha diadema e colocou tampando a boca… aí disse que era a dentista…rs… Acho q da próxima vez ela vai pedir uma máscara…kkk

Bjuss♥

Ailyn – expressões – fantástico…

 

As crianças nos surpreendem a cada dia… percebo que a Ailyn absorve muito rápido tudo o que está a sua volta, e tem uma ótima memória…rs.

Às vezes falamos alguma coisa perto dela, e ela (aparentemente) nem estava prestando atenção, estava brincando ou fazendo outra coisa… depois de alguns dias, ela nos indaga algo a respeito…rs… ou então, aprende uma palavra nova, e tenta depois colocá-la em alguma frase, o que resulta em expressões engraçadas, porque a palavra ficou meio ‘fora de contexto’, ou até que dá certo, e ficamos pensando: “de onde essa mocinha tirou isso? hehe”

Hoje mesmo, a caminho do trabalho, a Ailyn pediu para ensiná-la a fechar e abrir um cinto, que possui um ‘sistema diferente’…

Assim que expliquei e demonstrei, ela pegou o cinto e conseguiu abrir e fechar… acredito que ela achou o máximo, porque disse:

“Nossa mãe, é FANTÁSTICO (o jeito de abrir e fechar)!!! Esse cinto é MARAVILHOSO!!! Quando eu ficar adulta vou querer um cinto desses…”

Kkk… que exagero…rs… de vez em quando ela solta umas expressões assim… algumas exageradas, outras engraçadas… vou lembrar de algumas e posto aqui…hehe

Bjuss♥

 

 

Testando post…

Vou colocar um vídeo da Ailyn… pra testar…rsrs

Olá, mundo!

Welcome to WordPress.com. This is your first post. Edit or delete it and start blogging!

Outra Asa…

Muito tempo atrás…Depois do mundo ser criado e da vida completá-lo. 
Houve num dia, numa tarde de céu azul e calor ameno, um encontro entre Deus e um de seus incontáveis anjos. Acredita? 
Deus estava sentado, calado. Sob a sombra de um pé de jabuticaba.
Lentamente, sem pecado, Deus erguia suas mãos e colhia uma ou outra fruta. 
Saboreava sua criação negra e adocicada. Fechava os olhos e pensava.
Permitia-se um sorriso piedoso. Mantinha seu olhar complacente. 
Foi então que das nuvens um de seus muitos arcanjos desceu e veio em sua direção. Já ouviu a voz de um anjo? 
É como o canto de mil baleias.
É como o pranto de todas as crianças do mundo. 
É como o sussurro da brisa.
Ele tinha asas lindas…Brancas, imaculadas. 
Ajoelhou-se aos pés de Deus e falou:   
“Senhor… visitei sua criação como pediu. Fui a todos os cantos. Estive no sul, no norte. No leste e oeste. Vi e fiz parte de todas as coisas. Observei cada uma de suas criações humanas. E por ter visto vim ate o senhor… para tentar entender. Por que? Por que cada uma das pessoas sobre a terra tem apenas uma asa? Nos anjos temos duas… podemos ir até o amor que o senhor representa sempre que desejarmos. Podemos voar para a liberdade sempre que quisermos. Mas os humanos com sua única asa não podem voar. Não podem voar com apenas uma asa…”  
Deus na brandura dos gestos, respondeu pacientemente ao seu anjo:  
“Sim… eu sei disso. Sei que fiz os humanos com apenas uma asa…” Intrigado, com a consciência absoluta de seu senhor o anjo queria  entender e perguntou:   
“Mas por que o senhor deu aos homens apenas uma asa quando são necessárias 
duas asas para se poder voar… para se poder ser livre?”  
Conhecedor que era de todas as respostas Deus não teve pressa para falar. 
Comeu outra jabuticaba, escura e suave. E então respondeu:  
“Eles podem voar sim meu anjo. Dei aos humanos apenas uma asa para que eles pudessem voar mais e melhor que Eu ou vocês meus arcanjos…. Para voar, meu amigo, você precisa de suas duas asas… Embora livre, sempre estará sozinho. Talvez da mesma maneira que Eu… Mas os humanos…os humanos com sua única asa precisarão sempre dar as mãos para alguém a fim de terem suas duas asas. Cada um deles tem na verdade um par de asas….uma outra asa em algum lugar do mundo que completa o par. Assim eles aprenderão a se respeitar pois ao quebrar a única asa de outra pessoa podem estar acabando com as suas próprias chances de voar. Assim meu anjo, eles aprenderão a amar verdadeiramente outra pessoa… Aprenderão que somente se permitindo amar eles poderão voar. Tocando a mão de outra pessoa em um abraço correto e afetuoso eles poderão encontrar a asa que lhes falta…e poderão finalmente voar. Somente através do amor irão chegar até onde estou…da mesma forma que você meu Anjo. E eles nunca…Nunca estarão sozinhos quando forem voar." 
Deus silenciou em seu sorriso.  
O anjo compreendeu o que não precisava ser dito.